Costa do Dendê –

Acamara de Aramaca

“Este livro traz, em suas páginas, o cheiro do Dendê – com maiúscula, porque não é só um fruto. É uma identidade, uma presença, que nos acompanha na vida toda. Eu, Aramaca e outros de nossa geração não ganhamos o mundo, mas certamente o desbravamos, e o perfume de nossa região nos inspirou a vivermos isso.”

Ibrahim Chahoud, CEO/Founder do Grupo Conecta

Uma imersão pelas tradições do Baixo Sul da Bahia – desde as de tempos passados até as que estão se consolidando no presente. A luz-guia e o olhar de referência dessa jornada são as lentes do fotógrafo Aramaca, um filho de Valença que encontrou na região sua formação e os elementos que fizeram dele uma pessoa plural e um artista de assinatura única. Aramaca é o alterego de Francisco Magalhães, advogado reconhecido em todo o país, que há décadas se dedica paralelamente ao mundo dos cliques. Ele gosta de dizer que, assim como o Direito, “a fotografia resolve conflitos”. Seu trabalho traz um destaque muito grande para o elemento humano, isolado ou em relação com o ambiente que o cerca. A Costa do Dendê é uma das regiões menos habitadas do litoral baiano.

Teve papel importante em diversos momentos da história do estado e do país e recebe, anualmente, cerca de 20% mais turistas que a média nacional. O projeto vai além do mero registro de imagens e definitivamente se distancia da panfletagem turística. Com um trabalho que envolveu meses de pesquisa histórica e mais de 90 entrevistas com historiadores, autoridades, pesquisadores, empresários e moradores, “Acamara de Aramaca” é um registro como nunca fora feito dessa região situada entre a foz do Rio Jaguaripe e a Baía de Camamu.

Produção audiovisual

RESTINGA DO PRATIGI BOITARACA TENTO DENDÊ Zambiapunga

Produção audiovisual

Obra bibliográfica

Exposições, ativações e eventos

Mídia, engajamento e divulgação